Mais viagens pelos caminhos de água


A velocidade pode ser mais de barco a remo do que de transatlântico, mas aos poucos o transporte fluvial recupera capacidade no Estado. A modalidade que tira caminhões das rodovias será reforçada no antigo Terminal Santa Clara Píer IV, hoje chamado de Contesc, no polo de Triunfo. Uma nova embarcação passou a atuar no trecho até o porto de Rio Grande no início deste ano, a Trevo Roxo vai operar com a barcaça Guaíba, que ao longo de 2017 registrou índices de ocupação superior a 95%.

A Tecon, operadora do Contesc, contratou a nova barcaça da Navegação Aliança. Agora, o número de viagens entre o terminal de Triunfo e Rio Grande passa de duas para quarto saídas semanais. As principais cargas movimentadas são congelados, resinas, glicerina, utensílios domésticos, móveis, compensados e sucata.

Os produtos – de importação, exportação e cabotagem – têm como origem ou destino cidades como Farroupilha, Carlos Barbosa, Garibaldi, Caxias do Sul, Veranópolis, Cruz Alta e Lajeado.

Sem título

Fonte: Zero Hora, Ano 54, nº 19.034 – 2ª Edição. Porto Alegre-RS